sexta-feira, 19 de abril de 2013

The Daughters of Lot

Pagina oficial:https://www.facebook.com/pages/The-Daughters-of-Lot/108707179170681
As filhas de Lot estão empenhadas em preservar a sua raça definhando-a. Isso passa pelo enfraquecimento
dos tecidos e dos tegumentos, dos órgãos e das secreções, dos veios e dos ossos. Trata-se de uma estratégia para o incremento sensorial. Desvitalizar para aumentar a permeabilidade. Crivo sensível que se acera. As filhas de Lot fundam o seu território no enclave do desejo com o estímulo. O ébrio é para elas apurador de pulsões: transmissão e transfusão. A filhas de Lot privilegiam a obscuridade e mergulham o seu afecto nas próprias transgressões. Elas preparam a iridescência do que devém, são da ordem do fantasmático. Depois do incesto, enquanto o seu pai dorme, as filhas de Lot, nuas, sentam-se junto ao fogo e olham-se. A troca de olhares resulta em música...Membros:Edgar Ferreira - guitarra
João Moita - voz/guitarra
Miguel Fernandes - bateria
Tiago Geada - teclas

Sem comentários:

Publicar um comentário