segunda-feira, 27 de maio de 2013

Samuel Velho


Informação de contacto

Samuel Velho nasceu em Lisboa, cresceu no Ribatejo e vive actualmente em Castelo Branco. Decide-se a elaborar um projecto a solo (Indie Rock Céltico) por sugestão e influência do seu professor, amigo e reconhecido produtor Mário Barreiros. A música retrata uma essência rock com letras em português, guitarra acústica para criar um ambiente de contar histórias, flauta transversal como elemento inovador a dar um aroma céltico, para além da bateria, baixo e teclados, tudo composto, tocado e produzido pelo próprio. As canções entram no ouvido e reflectem influências interventivas numa sociedade incongruente, para além de paixões saudosistas e momentos vivenciados pelo cantautor.
O "Ante-Estreia" desperta curiosidade para o álbum "FRACTAIS" que sairá em 2013, através de uma campanha de CrowdFunding em http://ppl.com.pt/prj/fractais , oferecendo aos apoiantes a pré-compra de CDs, t-shirts, concertos privados, etc.
Abriu um concurso criativo para a capa do "FRACTAIS", e qualquer pessoa pode votar na capa da sua preferência em: http://tiny.cc/capavotacao
Apesar de as músicas serem fruto do trabalho de uma só pessoa, os concertos para promover o trabalho são executados com alguns membros convidados ou apenas pelo próprio, em versões acústicas e com auxílio do computador. Para além deste projecto a solo, é também um dos fundadores da “Barca do Inferno”, um projecto musical que explora as raízes tradicionais da música portuguesa de forma inovadora, e satiriza Portugal de forma interventiva.
Este projecto foi aprovado com o nome "Músico Independente" para o 9º concurso PoliEmpreende, onde projectos de vocação empresarial e ideias de negócio recebem apoio e conselhos para se concretizarem. Este concurso tem "o objectivo claro de incutir nos seus alunos o espírito de iniciativa, a vontade de empreender que possa conduzir à criação da própria empresa e gerar postos de trabalho, explorando o carácter eminentemente prático e profissionalizante da sua formação."
A necessidade de criar um projecto a solo nasceu da continuidade de manter diversos projectos (de géneros musicais que iam desde o metal, folk, rock, pop, clássico, electrónica, ao chill out e ambient) com outros elementos, que, apesar de terem boas críticas por parte dos jornais locais e até de músicos influentes, mais tarde acabavam por terminar, devido a outras prioridades. São aplicados neste projecto os conhecimentos adquiridos no Conservatório, na licenciatura de Música Electrónica e Produção Musical (onde recebeu um prémio de melhor aluno) e na licenciatura de Formação Musical que está a terminar. Tem aprofundado os conhecimentos adquiridos e estudado outros assuntos fundamentais ao sucesso deste projecto, auto-didacticamente. Este projecto a solo tem como objectivo escrever, na língua materna, contos emocionais verídicos ou fictícios e também despertar a consciência para a música interventiva. Em suma, canções agradáveis que fiquem no ouvido, na memória, no coração e que se queiram cantarolar, lembrar e sentir. Desta forma, começa a construir o seu caminho como profissional na música.
Os CDs, fundo de subsistência do artista, são vendido nos concertos e na Internet, tanto em formato digital como em unidade física. Para ouvir algumas das músicas, e fazer downloads gratuitos, consultar o link http://tiny.cc/samuelista e entrar na mailing list para receber ofertas especiais. Para acompanhar as notícias mais recentes do projecto, basta seguir o Facebook ou Twitter.

Ante​-​Estreia/2011

Sem comentários:

Publicar um comentário