terça-feira, 9 de julho de 2013

Shitmouth

Pagina oficial:https://www.facebook.com/shitmouthhcpunk
João, o vocalista, já conhecia os irmãos Carlos, baterista, e Alex, baixista, desde o verão de 2011 e sempre foi fã da outra banda dos irmãos, Destruction Eve. Entretanto, com o começar das aulas em Setembro de 2012, o João e o Carlos conheceram o Pedro, guitarrista, na sua turma. Passados uns 2 dias do início das aulas já eram grandes amigos. A ideia da banda punk hardcore à antiga, isto é, músicas curtas, mensagens diretas e, acima de tudo, instrumental rápido, começou a surgir. O facto de, na opinião deles, haver apenas uma ou duas bandas deste género em Portugal, pesou na decisão. O que também ajudou foi o facto de considerarem que cada vez mais pessoal acha que harcore é breakdowns, alargadores e essas afins. O João e o Carlos falaram com o Pedro para tocar neste projecto. Este aceitou assim como o Alex! Os Shitmouth estavam formados. Com os riffs do Carlos e as letras do João surgiram as primeiras duas músicas: “I Laughed” e “Your Pussy Stinks” assim como uma cover de Circle Jerks e de Descendents. Mais 3 ensaios e mais 4 músicas novas e um convite para um concerto na Casa Viva em finais de Outubro de 2012.
Com as músicas a surgirem, em Novembro, quiseram gravar uma demo. Para tal falaram com o amigo Vítor Moura (vocalista dos Local Trap/Lifedeceiver) e dono da distribuidora Shut Up and Play para a gravarem. Num fim-de-semana ficou tudo feito! Para além disso contaram com a ajuda da distribuidora Destroy It Yourself, que fica um pouco mais a sul e é gerida pelo também amigo Bóris (baterista dos Skrotes). Acabaram o ano com mais 3 concertos. Em Janeiro de 2013, dia 19 mais precisamente, a demo e a t-shirt, ideia que também tinha surgido quando da gravação da demo, foi lançada com um concerto no Music Hole. Depois de uma tour por Portugal e de terem tocado com algumas das suas bandas de referência portuguesas, em Junho, o Carlos decidiu abandonar o seu cargo na bateria passando este para um amigo de Shitmouth, Leonardo Nunes.

The Revenge Of Hot Nuns/2013

Sem comentários:

Publicar um comentário