quarta-feira, 23 de abril de 2014

Nobody’s Bizness

Pagina oficial:https://www.facebook.com/NobodysBiznessMusic
A Nobody’s Bizness uma formaçao de blues acustico da zona de Lisboa. No repertorio da banda regressa-se as raizes da musica-mãe do jazz, ao blues rural, cru e acustico do inicio do seculo, retirando da História nomes menos conhecidos, mas nem por isso menos importantes, numa tentativa de recolher do fundo do Delta do Mississipi os personagens que deram vida ao blues tal como o conhecemos hoje, desde Robert Johnson e Tampa Red a Ida Cox e Alberta Hunter, passando pela incontornavel Bessie Smith, por Willie Dixon, Skip James ou pelo gigante Muddy Waters.
Os Nobody’s Bizness são:
Petra Pais – Voz, Jack Daniels e outros comportamentos curiosos. | Luís Ferreira – Espantosas guitarras e “dobros”, e outros artefactos bizarros. | Pedro Ferreira - Guitarras, banjo, e coros angelicais. O mais bonito de nós todos. | Luís Oliveira - Baixo, coros e muita paciência para aturar o resto da banda.
Na passagem do seu decimo aniversario a formação lançou o seu segundo álbum de estúdio. O nome escolhido para o álbum, Donkey, nasce também da vontade da banda de ajudar a Burricadas - Associação para a Preservação do Burro, uma associação que recolhe e protege burros maltratados.
Para suportar os custos de produção deste disco - uma edição de autor, como o seu primeiro trabalho de estúdio-, os Nobody’s Bizness promoveram uma campanha de angariação de fundos através da plataforma portuguesa de crowdfunding PPL (http://ppl.com.pt/pt/prj/nobodys-bizness). Os fãs e amigos da banda que participaram e contribuíram para esta campanha, por um lado, ajudaram a Associação Burricadas (www.burricadas.org) e por outro, apoiaram a edição do disco.
Em troca do contributo, os apoiantes da banda tornam-se assim seus produtores e receberam inúmeras recompensas aliciantes em que a mais valiosa das recompensas, uma das guitarras da banda, já foi reclamada e o apoiante que a vai receber terá ainda direito a um concerto em sua casa.

Donkey/2013


2010


2006



Sem comentários:

Publicar um comentário